Além de BRita ter uma coluna ecológica no Jornal Gazeta de Niterói, ela participou de inúmeras manifestações em prol da Natureza, esteve atuante por 20 anos no Partido Verde, chegando bem no inicio de sua fundação. Nos Estados Unidos trabalhou na Amazon Watch e Earth Ways. Além de várias ações, BRita através de seu personagem FLORA PRÓPOLIS levava às crianças através do teatro lúdico, musical e bem humorado, questões fundamentais para conscientização de salvarmos a flora e fauna brasileira. Ela também fundou o Centro Cultural CRIANÇAS AFRO-ÍNDIO DO BRASIL quando por quase 5 anos manteve uma pequena escola pra 60 alunos, onde ensinava Ecologia e Cultura Indígena entre outras atividades e principalmente a leitura, com uma extensa biblioteca cedida por seus amigos.

        Besides Brita wrote about Ecology on a Brazilian newspaper, Gazeta de Niterói, she participated in numerous manifestations in favor to Nature. She has been active for 20 years in the Green Party, coming right at the beginning of its foundation at the end of 80´s. In USA BRita had collaborated to Amazon Watch and Earth Ways.
Apart from several activist actions, BRita brought to many children through her funny character FLORA PROPOLIS, a playful, humorous musical performance to raise awareness actions for them to save Brazilian nature. She also founded the AFRO-INDIGENOUS CHILDREN FROM BRAZIL, a Cultural Center where for almost 5 years she had maintained a small school for 60 students, teaching them Ecology and Indigenous Culture, among other cultural programs. She also set an extensive library gathering books from her friends in the city of Rio de Janeiro.

 

Clique na imagem para ampliar

1970

Com o lindo Pajé XAVANTE APOENA

1970

Com o Pajé Xavante APOENA e seu filho UARODI (em pé) no Aeroporto Santos Dumont

1984

Com Macksuara Kadieweu, ao Parque Lage - Rio

1984

Pintada pelo índio Kadiweu e apresentando cultura indígena às crianças

 

v

1985

Com MONIQUE LAFOND defendendo o verde

1987

Denunciando corte de árvores na JOATINGA - Jornal do Brasil

1988

Com uma linda cobra em Amazonas

1991

Recebendo benção na área que os índios escolheram para ficar no Rio, pré- ECO-92

Jornal do Brasil

 

1991

Manifestação pela Paz- Jornal do Brasil

1991

Levando Cacique Xavante-MAHORO no CIEP Flamengo

1992

Autorização para o acesso ao Parque Indígena Kari-Oca, na preparação para a ECO-92

1992

Com o grande amigo RAONI

ECO-92

 

1992

Levando índios da Eco-92 para ver a Escolinha do Professor Raimundo na TV GLOBO

1992

Plantando verde para o futuro do Brasil

Jornal O Globo

1994

Com meu filho Rian achei esta tartaruga na Praia da Joatinga- Jornal do BRasil

1994

Dando aula numa escola na Califórnia sobre índios brasileiros

 

1995

Com Andrew Beath da Earth Trust,Ilzamar e Sandino Mendes, Malibu- Califórnia- USA

1995

Trabalhando na Earth Trust e Amazon Watch Foundation- CA- USA

1995

Vista da Earth Ways Foundation CA-USA

1997

Amigos ativistas e jornalistas de óculos Don Heckman critico musical do LOS ANGELES TIMES

 

1997

Com fortes e queridos ativistas americanos .À minha esquerda Atossa Soltani da Amazon Watch

1999

Carta dos leitores - Jornal O GLOBO

1999

Jurada de canções sobre Natureza

2001

Na Serra de Kaparaó com índio Guarani- Espírito Santo

 

2002

Amigos Xavante

2002

Com o melhor amigo e indigenista Peret, e Siridiwê Xavante

2002

Sempre queridos amigos Xavante

2003

Com mais índios Xavante, na mostra de vídeos Indígenas - RIO, CCBB

 

2003

Dignidade- índios Ashnika- Acre

2006

Apresento lindas índias Guarani.-foto Tânia Mara

2006

O personagem militante FLORA NORDESTINA, ouvindo o professor de ecologia da UERJ Kenny Tanizaki, grande amigo de luta

2006

FLORA NORDESTINA militando através de sua peça musical ecológica A Heroína q não Aceita Propina no Ponto ORg- Niterói

 

2007- FLORA Nordestina em ação no Carnaval das Culturas- Av. Atlantica Copacabana

2007- FLORA NORDESTINA na passeata contra o AQUECIMENTO GLOBAL, Ipanema, Rio,-foto GILVAN BARRETO

2007- Inauguração Guarani em Camboinhas

2007- Coluna Ecológica que escrevia para o GAZETA DE NITERÓI